Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 21 de agosto de 2011

O Soldado Militar e o Soldado de Cristo



Temos direitos e deveres, e creio que a maioria tenta cumprir seus deveres mesmo só por obrigação pelo peso da lei.
Quando não cumprimos a lei somos punidos. Não tem opção, é assim que funciona.
Fico pensando por que somos tão ingratos com Deus?
Por que sendo convocados para o bom combate, não fazemos de boa vontade: com amor, com dedicação e disciplina.
Na vida secular há obrigações que temos que seguir e cumprimos por que senão a punição é bem severa.
Ora, Deus nos dá liberdade e o que fazemos com ela? Usamos e abusamos de forma errada.
Eu tentei retratar neste texto as características do soldado militar e as indiferenças do soldado de Cristo.

CARACTERÍSTICAS DA PROFISSÃO MILITAR

RISCO DE VIDA

Soldado Militar:
Ao longo da sua carreira, o militar convive de perto com o risco. Seja nos treinamentos, na sua vida diária ou na guerra, a possibilidade iminente de um dano físico ou da morte é uma característica permanente da sua profissão. O exercício da atividade militar, por sua
natureza, exige o comprometimento da própria vida.

Soldado de Cristo:
Não está preparado para a morte, ele acha que tem tempo pra muitas coisas, e que não será pego de surpresa.
Já ouvi isso: “Ah eu sou muita (o) nova(o) ainda, pelo menos tenho que casar antes... Jesus não pode voltar ainda...”
Ou pregadores dizendo: “Você não vai morrer antes de Deus realizar os seus sonhos...”
Pelo que eu sei nem sempre os grandes homens de Deus realizaram seus sonhos em vida...
Moisés não entrou na terra prometida, Davi não viu o templo pronto...
Não é assim que funciona, quando somos convocados para o bom combate, deveríamos pensar que ontem já se foi, hoje é o que temos em mãos para fazer algo de bom e o amanhã só pertence a Deus.

O que é, já foi; e o que há de ser, também já foi; e Deus pede conta do que passou.”
Eclesiastes 3:15

Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.”
Aos Filipenses 1:21

SUJEIÇÃO A PRECEITO RÍGIDOS DE DISCIPLINA E HIERARQUIA

Soldado Militar:
Ao ingressar nas Forças Armadas, o militar tem de obedecer a severas normas disciplinares e a estritos princípios hierárquicos, que condicionam toda a sua vida pessoal e profissional.

Soldado de Cristo:
Jesus nos libertou do julgo da escravidão e nos deu a liberdade para que usássemos de forma racional.
Nos deu somente um mandamento: Amar a Deus e ao próximo, por que assim cumpriríamos a vontade de Deus de forma simples e sem esforços.
Mas nem assim somos fiéis. Não somos obedientes ao nosso General que é Cristo.
Queremos fazer a nossa vontade e não o nosso dever.

Meditarei nos teus preceitos, e terei respeito aos teus caminhos.”
Salmos 119:15

Tu ordenaste os teus mandamentos, para que diligentemente os observássemos.”
Salmos 119:4


DEDICAÇÃO EXCLUSIVA

Soldado Militar:
O militar em atividade não pode exercer qualquer outra profissão, o que o torna dependente exclusivamente do seu soldo, historicamente reduzido, e dificulta o seu posterior ingresso no mercado de trabalho, quando na inatividade.

Soldado de Cristo:
Exclusividade para Deus? Nem pensar... Primeiro vem a si próprios, depois Deus em algum espaço que sobrar...
Eu não estou falando de não trabalhar, por que o trabalho é nobre, mas de se dedicar a Deus.
Estou falando viver por e para Deus, não se deixar levar pelas distrações do mundo.

E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.”
Lucas 9:62


DISPONIBILIDADE PERMANENTE

Soldado Militar:
O militar se mantém disponível para o serviço ao longo das 24 horas do dia, sem, por isso, ter direito a reivindicar qualquer remuneração extra, compensação de qualquer ordem ou cômputo de serviço especial.

Soldado de Cristo:
Disponível? É ruim hein...
Vai ter uma visita pra uma família necessitada de oração, vamos?
Ah hoje não vai dar irmão, quem sabe amanhã...Tenho que ir no cinema com um amigo (a).
Opaaa mas irmã, você está querendo dizer que não podemos ter lazer?
Não só pode como deve, mas sabendo na medida certa separar o seu tempo.
Temos 24 horas para administrar e mesmo assim conseguimos deixar apenas a sobra pra Deus.

Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.”
2 Timóteo 4:2


MOBILIDADE GEOGRÁFICA

Soldado Militar:
O militar pode ser movimentado ex oficio, em qualquer época do ano, para qualquer região do país, indo residir, em alguns casos, em locais inóspitos e destituídos de infraestrutura de apoio à família.

Soldado de Cristo:
É uma planta... A maioria nem quer ouvir falar de missões, de ir a algum lugar distante para levar a palavra de Deus...
Se ouvir então que tem perseguição, humm piorou.
Eu fico indignada com os irmãos que querem viver no “país das maravilhas”... Você vai comentar sobre o sofrimento dos irmãos em Cristo e a pessoa fala: Ai não quero saber de tragédia...
Ah fala sério!!!
E se a igreja for arrebatada e você ficar?
Pensa que vai ser moleza? Vai ser pior do que os dias da Inquisição...

E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas suas sinagogas e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.”
Mateus 4:23


VIGOR FÍSICO (VIGOR ESPIRITUAL)


Soldado Militar:
As atribuições que o militar desempenha, não só por ocasião de eventuais conflitos, para os quais deve manter-se sempre preparado, mas também, cotidianamente, nos tempos de paz, exigem-lhe elevado nível de saúde física e mental.
O militar é submetido, durante toda a sua carreira, a periódicos exames médicos e a testes de avaliação física que condicionam a sua permanência no serviço ativo.

Soldado de Cristo:
Nem se preocupa com a saúde espiritual...
Orar, jejuar e ler a palavra... Esse foge.
O corpo físico do soldado militar é muito importante, por isso tem que estar apto para exercer a função.
No nosso caso, a vida espiritual é tudo na vida de um bom cristão.
Quando Paulo escreveu aos Efésios ele fez uma analogia da armadura do soldado de Cristo.
Mas só estamos vestidos com ela se tivermos uma vida espiritual saudável em todos os sentidos.
Quando se fala em oração ninguém quer participar, mas quando se fala em lazer vem gente de todos os cantos.
Não é a toa que muitas “igrejas” investem apenas em diversão para os jovens, apenas para promover um marketing ruim de que a “igreja” vive lotada e por isso é uma “benção”...

Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,”
Aos Efésios 6:11-18

Resumindo:

Somos péssimos soldados... É verdade...
Não desempenhamos a tarefa que Deus nos incumbiu.
E isso é uma vergonha, enquanto tem muitos preocupados em “estratégias” de marketing para encher a igreja, e em como agradar as pessoas, Deus está apenas esperando que venhamos fazer a nossa parte.
O nosso verdadeiro inimigo não descansa e conhece bem as estratégias de batalha... E nós estamos dormindo no ponto e engolindo as artimanhas dele para nos distrair e perder o tempo com coisas irrelevantes e fúteis.

Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;”
I Pedro 5:8


No mundo secular cumprimos com a nossa obrigação, mesmo que forçados.
Mas com Deus que nos deu tantas dádivas e oportunidades somos ingratos e queremos servi-lo da nossa maneira.
Sendo que como soldados deveríamos estar prontos para a luta, buscar o fortalecimento do nosso corpo espiritual e praticar a vontade Dele.
Vamos tentar mudar nossas atitudes?

Um grande abraço, até o próximo post!


Fontes: Bíblia Almeida e Corrigida e Revisada

12 comentários:

  1. Olá!
    Gostei muito do blog, e achei muito interessante essa postagem =)
    Estou te seguindo...
    Me siga também: http://grazivelasco.blogspot.com/

    A paz do Senhor!

    ResponderExcluir
  2. Oi Grazi, muito obrigada pela visita!!!
    Deus abençoe!!!

    ResponderExcluir
  3. Rubia essa mensagem é muito bacana além de construtiva também é educativa para os cristão que tem servido a Deus só pela metade, mal ele sabe que de tudo o General nos pedira conta...

    Seja Feliz

    ResponderExcluir
  4. Valeu pela visita irmão Raimundo, que possamos servir a Deus conforme a vontade Dele.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Todo soldado tem que lutar para alcançar seu objetivo, no caso de nós cristão a maior luta a ser travada e contra nossa própria CARNE, adiversário constante que tenta de todas as maneias derrotar o soldado espirito que na vida de alguns pesiste em permanecer firme em sua missão, a de salvar a nós mesmos e ao próximo.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada por sua visita Alessandro.
    É a carne é inimigo que temos que lutar constantemente, ela sempre se opõe a vontade de Deus.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei o post, foi um dos melhores que já li parabens.Muito bem explicado, estou sem palavras.

    ResponderExcluir
  8. Irmã Patrícia, muito obrigada pela visita!!!
    Eu quem fico sem palavras diante o seu comentário!!!
    Deus abençoe!!!
    \O/

    ResponderExcluir
  9. Muito bom, Rúbia, de uma maneira clara e objetiva vc colocou as diferenças entre os dois, que infelizmente, é gritante! Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  10. Valeu Denise pela visita, é um prazer ter seus comentários edificantes!!! \O/

    ResponderExcluir
  11. Se não fosse a misericódia de Deus já teríamos sido banidos da sua corporação. Deus nos ama independente do que somos ou do que fazemos, portanto, como retribuição vamos lutar e trabalhar para que aumente o número de soldados seus aqui na terra.
    Beijos,
    Edenícia

    ResponderExcluir
  12. Obrigada irmã Edenícia pela visita.
    É verdade se não fosse a misericórdia do Senhor, já teríamos sidos consumidos...
    Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir

Preciso da sua ajuda! Seu comentário ou sua crítica serão muito bem vindos! \O/
Porém comentários anônimos,com ofensas ou palavrões serão excluídos, ok?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...